Vamos falar sobre o pigarro, aquele chatinho que sempre teima em aparecer logo na hora que você está cantando.

Bom, existem várias causas para o pigarro, uma delas é o cigarro, que todo mundo acha que só quem fuma que tem pigarro... mas não... o pigarro pode ser fruto de refluxo, rinite, sinusite, gripe e também pode ser causa de excesso de “hãmhãm”. Mas como assim?? Quando você está com pigarro e fica pigarreando e pigarreando de novo, aquele atrito que você provoca lá nas suas pregas vocais, geram mais pigarro... pois é... por isso sempre aviso que o ato de pigarrear, além de te prejudicar por causa do atrito em si, que não é uma coisa boa para as suas pregas vocais, também geram cada vez mais pigarro. Ao invés de pigarrear, você pode simplesmente engolir, já vai fazer bastante diferença no resultado final.

Mas então como fazer??? Se for algo que necessite de resolução rápida, tipo está cantando e tá aquele pigarro lá, uma vibração longa com V, ou vibração de língua ou lábio pra fazer esse pigarro sair da sua prega vocal sem causar um atrito e provocar mais. Beber água também ajuda nesses momentos, mas se você conseguir beber agua por mais tempo, por exemplo, tem um show e passa o dia todo bebendo muita, muita água, com certeza na hora do seu show esse pigarro vai estar bem melhor, porque a água dilui o excesso de muco.

Fazer nebulização também ajuda nesse mesmo sentido, dilui a quantidade de muco que produzimos nessa região dos seios nasais e evita o pigarro.

Se você não fuma e tem um pigarro que não entende o motivo, vale a pena investigar. Aqui no canal tem outros vídeos explicando o refluxo que na verdade provoca além do pigarro, uma inflamação que pode até te deixar sem voz. Evite alimentos como café, leite, chocolates, condimentados e ácidos, e veja se o seu pigarro diminui. Se isso acontecer você deve ter refluxo.

Cuide pra que esse “hãmhãm” não vire uma bola de neve e atrapalhe ainda mais a sua voz!

Até mais!